O Policiamento Comunitário ou de Proximidade é um tipo de policiamento que utiliza estratégias de aproximação, ação de presença, permanência, envolvimento e comprometimento com o local de trabalho e com as comunidades na preservação da ordem pública, da vida e do patrimônio das pessoas. A Confiança Mútua é o elo entre cidadão e policial, entre a comunidade e a força policial, entre a população e o Estado. O Comprometimento é a energia.

Esta estratégia de policiamento visa garantir o direito da população à segurança pública, mas, tendo em vista que confiança é essencial, o sucesso depende de policiais preparados, do apoio da sociedade organizada, das comunidades, de leis respeitadas e da interação entre poderes, instituições e órgãos envolvidos num Sistema de Justiça Criminal que exige finalidade pública, observância da supremacia do interesse público, valor à vida das pessoas, comprometimento, objetivo, coatividade, instrumentos de justiça ágeis, execução penal responsável e forças policiais bem formadas, respeitadas, valorizadas, especializadas, atuando no ciclo completo e capacitadas em efetivos para exercer função essencial à justiça na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio.

quinta-feira, 17 de março de 2011

25 MANDAMENTOS BASICOS PARA UM BOM POLICIAL DE VERDADE

01. Não deve estar sozinho na viatura; no mínimo deve ter outro companheiro como parceiro.

02. Ao efetuar prisões, deve estar em superioridade ao número de pessoas que está detendo.

03. Não transitar jamais desarmado e sem a carteira de identidade funcional.

04. Deve relutar em cumprir ordens errôneas ou ilegais, devendo sempre exigir, neste caso, que as ordens que lhe forem confiadas sejam feitas por escrito.

05. Jamais algemar o detido com as mãos à frente do corpo.

06. Nas diligências destinadas à busca de marginais ou suspeitos de crimes, contar sempre com a cobertura de outros colegas.

07. Ter por princípios nunca menosprezar qualquer diligência, pois sua missão considerada simples, pode se tornar perigosa pelas circunstâncias.

08. Ao ser chamado a atuar nos casos de conflitos de interesse entre cidadãos, ouvir com atenção e isenção os depoimentos dos envolvidos e das testemunhas, declinando de tecer opinião em favor de quaisquer das partes.

09. Na execução da atividade, ser sempre firme e sério, jamais arrogante e autoritário, principalmente se estiver lidando com pessoas humildes e sem cultura, pois essas geralmente ignoram os seus direitos.

10. Sempre estar atualizado com as leis, regulamentos e portarias ligadas à atividade do policial.

11. A missão deve terminar com a entrega do relatório à autoridade competente. Mesmo sabendo que a mesma teve respaldo legal, deixar que a responsabilidade do ato recaia sobre a autoridade que a determinou.

12. Não fazer nem solicitar que colegas quebrem galhos para infratores.

13. Mesmo na adversidade não entregar sua arma a ninguém. Aguardar uma oportunidade ou descuido do marginal para agir.

14. Fazer uso da arma só quando necessário, nunca ameaçando alguém para intimidá-lo. A arma quando sacada é para ser usada sempre em legítima defesa.

15. Verificar sempre o estado e o bom funcionamento da arma.

16. A conduta como cidadão comum deve ser marcada pela cordialidade, seja junto aos colegas, seja para com a população inclusive cultivando um clima de boa vizinhança no local aonde residir.

17. É princípio básico da educação tratar com urbanidade e atenção as pessoas com quem trabalha, bem como aquelas que o procuram no serviço. Trate-os como gostaria de ser tratado.

18. Trajar adequadamente, sem exibir a arma. Ninguém precisa saber que você é policial. Mantendo-se discreto pode-se colher melhor resultada nas investigações.

19. Não beber quando em serviço e quando ingerir bebida alcoólica, em nenhuma hipótese participar ou executar trabalho policial.

20. Nunca usar de medidas precipitadas para resolver os problemas. É sempre bom e conveniente ouvir alguém mais experiente, pois todos os casos têm solução.

21. Evite beber bebida alcoólica e se tiver que fazê-lo, não o faça nos bares próximos de casa. É importante preservar a boa imagem. Você é o espelho da corporação.

22. Sob efeito de bebida alcoólica nunca dirigir veículos.

23. Não advogar em causa própria.

24. Ter sempre por lema: coragem, união, cooperação e lealdade.

25. Ser policial é trabalhar com dedicação em prol da sociedade demonstrando amor e respeito pela vida dos cidadão.

Fonte: http://www.agricolandianews.com/?ler_noticia_id=218&title=25-mandamentos-basico-para-um-bom-policial.

Nenhum comentário: