O Policiamento Comunitário ou de Proximidade é um tipo de policiamento que utiliza estratégias de aproximação, ação de presença, permanência, envolvimento e comprometimento com o local de trabalho e com as comunidades na preservação da ordem pública, da vida e do patrimônio das pessoas. A Confiança Mútua é o elo entre cidadão e policial, entre a comunidade e a força policial, entre a população e o Estado. O Comprometimento é a energia.

Esta estratégia de policiamento visa garantir o direito da população à segurança pública, mas, tendo em vista que confiança é essencial, o sucesso depende de policiais preparados, do apoio da sociedade organizada, das comunidades, de leis respeitadas e da interação entre poderes, instituições e órgãos envolvidos num Sistema de Justiça Criminal que exige finalidade pública, observância da supremacia do interesse público, valor à vida das pessoas, comprometimento, objetivo, coatividade, instrumentos de justiça ágeis, execução penal responsável e forças policiais bem formadas, respeitadas, valorizadas, especializadas, atuando no ciclo completo e capacitadas em efetivos para exercer função essencial à justiça na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio.

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

GUARDA CIVIL METROPOLITANA SE QUALIFICA


Centro de Formação em Segurança Urbana certifica 197 Inspetores da GCM no Curso Escola de Comando - Ivonete Pereira, colaborou: Fatima Brito - Prefeitura Municipal de São Paulo.Informativo IPA-Brasil, 28/12/2010

O Centro de Formação em Segurança Urbana - órgão gestor da política de ensino da Secretaria Municipal de Segurança Urbana certificou nesta quarta-feira (22/12), às 15h, no Edifício Matarazzo, 197 inspetores da Guarda Civil Metropolitana e sete inspetores de outros estados e municípios - no Curso Escola de Comando - 1ª fase e Módulo Avançado (alto comando).A Banda da Guarda Civil Metropolitana fez a abertura do evento.

O curso voltado ao planejamento, gestão e liderança, sobretudo para os Inspetores que possuem cargos de comando e chefia na GCM, teve início em fevereiro deste ano. O conteúdo programático é de 300 horas/aula, incluindo 50 h/aula no eixo temático - planejamento estratégico- especialmente direcionado aos que exercem os mais altos cargos da Corporação.

Para o coordenador geral do Centro de Formação, Flávio Paulo Domingos Rosa, o conteúdo dessa capacitação foi voltado ao debate, à reflexão e ao desenvolvimento de competências, como habilidades e atitudes com vistas ao aprimoramento profissional almejado na área de planejamento, gestão e liderança. "Hoje é uma data importante. Este curso é inédito nesta corporação e os senhores têm o saber, a ferramenta para orientar a tropa, de tal forma que a GCM possa atuar ainda mais dentro dos padrões de gestão da qualidade exigidos pela sociedade e incorporados pela Secretaria?.

De acordo com o Secretário Edsom Ortega, investir na formação dos líderes e chefias dentro das corporações é de fundamental importância. Os servidores precisam estar sempre atualizados para que possam executar suas tarefas com qualidade e atendendo as demandas que surgem a cada dia, em uma sociedade cada vez mais exigente, em especial os agentes públicos para que devem prestar um serviço ágil e eficiente?.

O Secretário destacou ainda os investimentos aplicados na Corporação, tais como: a aquisição de novas viaturas e instrumentos (rádio digital, vídeo-monitoramento e GPS com alta tecnologia, investimento superior a R$ 40 milhões), além da entrega de novos veículos 4X4 para a Guarda Ambiental, totalizando mais de 65 a serviço da proteção de mananciais e áreas verdes de São Paulo.

Para o Comandante Geral da GCM, Joel Malta de Sá, o curso proporcionou uma maior interação com os inspetores regionais e a percepção das metodologias aplicadas numa operação mais ampla, atendendo a todas as instâncias hierárquicas.

Prestigiaram também a Cerimônia: o presidente da Associação Internacional de Policia, Jarim Lopes Roseira, o Chefe de Gabinete Paulo Cesar Franco, o Coordenador de Administração e Finanças, José Aparecido Titoneli, o Subcomandante da GCM, Francisco Mauricio Marinho, o Inspetor Chefe da Superintendência de Planejamento, Moacir Urban Sorrentino, o Superintendente de Operações da GCM, Dalmo Luiz Coelho Alamo, os Comandantes e Inspetores Chefes das 31 inspetorias e dos cinco comandos da Guarda Civil Metropolitana. Os representantes da Guarda Civil de Osasco (Inspetor Menezes que compôs a mesa), de Taboão da Serra, de Curitiba, de Guarulhos, do Maranhão e Embu Guaçu, entre outros servidores da SMSU.

Parcerias:

Para a realização deste curso, a Secretaria Municipal de Segurança Urbana, por meio do CFSU, firmou parceria com diferentes organismos, entidades, Polícia Militar, da qual se destacou o ?Método Giraldi?, técnica utilizada naquela Corporação e agora também na GCM-SP, como instrumento do tiro defensivo na preservação da vida. Foram promovidas palestras que contribuíram na troca de experiências.

Homenagem aos primeiros colocados

O inspetor Eduardo Siqueira Bias, mestre de cerimônia e orador da turma destacou os inspetores com maior aproveitamento no curso: Marcos Bazzana Delgado, Antonio Carvalho Silva e Paulo José Barbosa, respectivamente, 1º, 2º e 3º colocados. Também foram homenageados o Comandante Geral da GCM Joel Malta de Sá, como 1º colocado do ?Módulo Avançado?, a Inspetora Maria das Dores de Oliveira, como 1ª colocado feminino e o Subcomandante da Guarda Civil de Guarulhos, Francisco Morota da Silva, como 1º colocado entre os alunos convidados.

Centro de Formação em Segurança Urbana já capacitou mais de dez mil servidores

No período de 2005 a 2010, o CFSU capacitou cerca de 10 mil servidores da SMSU e de outros Estados do país, desde cursos de qualificação, capacitação e aperfeiçoamento em todos os níveis hierárquicos, conforme exigência da Lei Municipal 13.768/04, até cursos de capacitação para servidores da administração de pasta.

Entre os cursos dirigidos à GCM, destacaram-se a formação de GCM 3ª classe, capacitação para Classes Distintas e Inspetores; Atendimento ao Turista em Língua Estrangeira ? Inglês e Espanhol; Credenciamento de Motoristas e Motociclistas; Estágio de Qualificação Profissional? EQP e Língua Brasileira de Sinais ? LIBRAS (incluindo o ?Método Giraldi? na instrução de tiro), conselheiros em direitos humanos, motociclistas batedores, guardas vidas, além do curso Escola de Comando destinado ao aperfeiçoamento de cerca de 200 Inspetores, qualificando-os ao exercício de cargos de comando e chefia na GCM.


Fonte: http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/seguranca_urbana/noticias/?p=24334 - matéria recebida de Claudio Bayerle.

COMENTÁRIO DO BENGOCHEA - Sou defensor da Polícia Municipal distribuída em parques e postos de policiamento comunitário nos bairros como integrante do sistema estadual de ordem pública no papel de força auxiliar das Polícias Estaduais. As Polícias Militares já demonstraram não possuir recursos e efetivos suficientes para executar o policiamento ostensivo e permanente em todos os bairros de uma cidade de porte médio e grande. Esta na hora das Guardas Municiparem entrarem nesta transição e se capacitarem para complementarem este dever social.

Nenhum comentário: