O Policiamento Comunitário ou de Proximidade é um tipo de policiamento que utiliza estratégias de aproximação, ação de presença, permanência, envolvimento e comprometimento com o local de trabalho e com as comunidades na preservação da ordem pública, da vida e do patrimônio das pessoas. A Confiança Mútua é o elo entre cidadão e policial, entre a comunidade e a força policial, entre a população e o Estado. O Comprometimento é a energia.

Esta estratégia de policiamento visa garantir o direito da população à segurança pública, mas, tendo em vista que confiança é essencial, o sucesso depende de policiais preparados, do apoio da sociedade organizada, das comunidades, de leis respeitadas e da interação entre poderes, instituições e órgãos envolvidos num Sistema de Justiça Criminal que exige finalidade pública, observância da supremacia do interesse público, valor à vida das pessoas, comprometimento, objetivo, coatividade, instrumentos de justiça ágeis, execução penal responsável e forças policiais bem formadas, respeitadas, valorizadas, especializadas, atuando no ciclo completo e capacitadas em efetivos para exercer função essencial à justiça na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio.

domingo, 18 de novembro de 2012

OBSERVAÇÕES DE UM BRASILEIRO SOBRE OS KOBANS

Via facebook, 16 de novembro de 2012


WILSON PARDI JUNIOR


Olá,

Como brasileiro radicado aqui no Japão há mais de dez anos, sou testemunha presencial de que o policiamento comunitário é, realmente a MELHOR maneira de PREVENÇÃO contra quaisquer delitos, principalmente aqueles menores que, caso não sejam solucionados rapidamente e com vigor, ocasionam uma sensação de impunidade a médio e longo prazo.

Alguns dados interessantes:

- A palavra "KOBAN" (交番) que na verdade se pronuncia KOUBAN é uma junção de duas palavras japonesas: 立番 ("TACHIBAN", que significa "sentinela", "ver de pé") e 交替 ("KOUTAI", que significa "rotação", "alternada"), ou seja significa literalmente "um sentinela olhando para todos os lados" :-)

- existem mais de 7000 "KOUBANS" no Japão sendo que praticamente há uma bem perto de qualquer estação de trem,

Na minha segunda passagem por aqui quando fui morar nos arredores de Tóquio estava a procurar uma loja onde pudesse comprar coberta, travesseiro, etc. Resolvi então ir até uma "KOUBAN" para perguntar ao policial onde poderia encontrar tal loja perto dali. Lembro-me que fiquei uns trinta minutos dentro do trem praticando o meu Japonês rudimentar.

Ao chegar na "KOUBAN" falei em Japonês: "Boa-tarde. Com licença, onde poderia encontrar uma loja que venda cobertores?" Para a minha AGRADÁVEL surpresa o oficial de polícia disse: "Please, talk in English with me. I want to practice it" :-)




 

大正時代の交番(派出所)

Nenhum comentário: