O Policiamento Comunitário ou de Proximidade é um tipo de policiamento que utiliza estratégias de aproximação, ação de presença, permanência, envolvimento e comprometimento com o local de trabalho e com as comunidades na preservação da ordem pública, da vida e do patrimônio das pessoas. A Confiança Mútua é o elo entre cidadão e policial, entre a comunidade e a força policial, entre a população e o Estado. O Comprometimento é a energia.

Esta estratégia de policiamento visa garantir o direito da população à segurança pública, mas, tendo em vista que confiança é essencial, o sucesso depende de policiais preparados, do apoio da sociedade organizada, das comunidades, de leis respeitadas e da interação entre poderes, instituições e órgãos envolvidos num Sistema de Justiça Criminal que exige finalidade pública, observância da supremacia do interesse público, valor à vida das pessoas, comprometimento, objetivo, coatividade, instrumentos de justiça ágeis, execução penal responsável e forças policiais bem formadas, respeitadas, valorizadas, especializadas, atuando no ciclo completo e capacitadas em efetivos para exercer função essencial à justiça na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio.

domingo, 25 de novembro de 2012

COMO SE TORNAR UM LÍDER INSPIRADOR


ZERO HORA 24/11/2012 | 16h31

A influência positiva de um administrador tem papel decisivo no desempenho de sua equipe


Luciana Campello, participa do progrande de lideranças da Dell Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS

Maria Amélia Vargas

Quando alguém olha com admiração para o seu chefe e almeja um dia ser como ele, isso é motivação em sua essência. Em uma época conectada, de superexposição, o comportamento ganha destaque, pois mais importante do que atingir um resultado é a forma como se age para conquistá-lo. O modo de fazer diferencia o simples gestor do líder inspirador.

Entusiasmar a equipe por meio do exemplo parece ser o caminho mais curto para o sucesso. A tarefa, entretanto, exige atenção e sensibilidade. Quem sabe se comunicar e respeita as individualidades, destaca Ricardo M. Barbosa, diretor-executivo da Innovia Training & Consulting, exercerá influência positiva por meio da confiança.

— Em primeiro lugar, o gestor precisa ser honesto. Aquele que promete promoções, aumentos e não cumpre perde créditos com o funcionário ao frustrar suas expectativas. Além disso, precisa ser capaz de perceber cada pessoa com suas singularidades, para melhor distribuir as tarefas — explica Barbosa.

Na avaliação da psicóloga Roberta F. Lopes do Nascimento, coach e diretora do Núcleo Médico Psicológico, o líder eficaz inspira pessoas a assumir o papel de agente transformador. De acordo com a headhunter, o gestor deve liderar mudanças e promover melhorias para que as pessoas possam executar as tarefas e, ao mesmo tempo, encontrar satisfação no trabalho.

— O líder raramente precisa dar ordens, pois este profissional educa pelas suas próprias atitudes e constrói um código de conduta com os membros dos grupos dos quais faz parte, em torno de valores que são explicitados, disseminados e praticados por todos — completa Roberta.

Ciente disso, a Dell Brasil implementou um programa que oportuniza a troca de práticas entre gerentes que recém assumiram tais funções. A questão da liderança inspiradora é um dos temas abordados, conta Eveli Marconatto, consultora de gestão de talentos da empresa. Ao todo, 942 gestores de 33 localizações (do Brasil e do Exterior) participam da primeira edição do projeto, que tem encontros presenciais e virtuais.

— É uma oportunidade para refletir, trocar experiência e entender como os nossos valores podem ser aplicadas por um líder. Como aproximar as pessoas, como colocar a teoria em prática, como respeitar a diversidade? Todos esses assuntos são compartilhados, aproximando e auxiliando no envolvimento das pessoas — analisa Eveli.

Motivada pela troca de experiências

Entre as mais de 900 pessoas que participam do programa voltado para lideranças da Dell Brasil, Luciana Campello (E), gerente de recrutamento e seleção, destaca-se pelo entusiasmo. Promovida para o cargo de gestão no ano passado, comanda uma equipe formada por 12 pessoas, em quatro unidades da empresa. A atividade que integra líderes de diversas localidades tem ajudado a profissional a compartilhar soluções para questões do dia a dia.

— O líder inspirador é aquele que rompe com a questão da hierarquia e transmite os seus valores e os da empresa de forma transparente — destaca Luciana.

Comportamentos para inspirar

— Conheça a cultura da empresa. Visão, missão e objetivos ajudam a dar identidade ao seu jeito de gerir.

— Nunca prometa o que não pode cumprir e conquiste a confiança da sua equipe.

— Saiba expressar as suas ideias e certifique-se de ser compreendido.

— Busque o autoconhecimento, pois só olhando para dentro é que o líder saberá como agir com os parceiros e os seus limites.

— Tenha sensibilidade para perceber e resolver conflitos internos da equipe de forma transparente.

— Mais do que comandar, colabore. O sistema antigo de exercer poder sobre as pessoas pela imposição da vontade do gestor está com os dias contados.

— Conheça as habilidades individuais de cada componente da equipe e o auxilie a desempenhar cada vez melhor suas funções.

— Elogie. Valorize as ações de sua equipe e recompense-as. Cumprimente publicamente o funcionário por um trabalho bem feito.

— Ouça as queixas, proporcione as condições necessárias para o progresso dos seus liderados.

— Seja exemplo de ética, comprometimento e responsabilidade.

— Forme novos líderes, mostrando o caminho para o crescimento profissional.

Fontes: Ricardo M. Barbosa, diretor executivo da Innovia Training & Consulting

e Roberta F. Lopes do Nascimento, psicóloga, coach e diretora do Núcleo Médico Psicológico

Pesquisa

A Havik, consultoria de recrutamento e desenvolvimento de profissionais perguntou a 1.240 profissionais: "O que lhe inspira no seu líder?".

— Estilo de gestão foi apontado por 21%

— Espírito de equipe (12%)

— Discurso e prática (7%)

— Experiência profissional/formação acadêmica ficou com (3%)

Nenhum comentário: