O Policiamento Comunitário ou de Proximidade é um tipo de policiamento que utiliza estratégias de aproximação, ação de presença, permanência, envolvimento e comprometimento com o local de trabalho e com as comunidades na preservação da ordem pública, da vida e do patrimônio das pessoas. A Confiança Mútua é o elo entre cidadão e policial, entre a comunidade e a força policial, entre a população e o Estado. O Comprometimento é a energia.

Esta estratégia de policiamento visa garantir o direito da população à segurança pública, mas, tendo em vista que confiança é essencial, o sucesso depende de policiais preparados, do apoio da sociedade organizada, das comunidades, de leis respeitadas e da interação entre poderes, instituições e órgãos envolvidos num Sistema de Justiça Criminal que exige finalidade pública, observância da supremacia do interesse público, valor à vida das pessoas, comprometimento, objetivo, coatividade, instrumentos de justiça ágeis, execução penal responsável e forças policiais bem formadas, respeitadas, valorizadas, especializadas, atuando no ciclo completo e capacitadas em efetivos para exercer função essencial à justiça na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio.

terça-feira, 26 de julho de 2011

POLÍCIA NO AEROPORTO

Delegacia especializada protegerá turistas no RS. Prevista para estar em pleno funcionamento em 2012, DP no Salgado Filho terá policiais bilíngues - FRANCISCO AMORIM, zero hora 26/07/2011

O Estado deve ganhar em agosto sua primeira delegacia especializada no atendimento ao turista. Com 25 metros quadrados, o atual posto da Polícia Civil no Aeroporto Internacional Salgado Filho será substituído por uma unidade de 160 metros quadrados, onde estarão lotados 18 servidores – mais do que o dobro do atual efetivo no local.

Além de registrar ocorrências envolvendo usuários do aeroporto, a Delegacia para o Turista concentrará investigações de crimes contra quem vem ao Estado em férias ou a trabalho, mesmo que os ataques ocorram fora da área aeroportuária. Registros feitos em DPs distritais poderão ser encaminhados à nova delegacia.

A estratégia deve permitir à Polícia Civil mapear a ação de quadrilhas especializadas que agem também em saguões de hotéis e centros de eventos.

Idealizada por uma portaria da Chefia de Polícia, a nova delegacia ainda depende de um decreto do governador Tarso Genro para começar a receber recursos, ato previsto nos bastidores para agosto.

Enquanto isso não ocorre, o posto atualmente vinculado à 24ª DP começa a ser transformado em DP. A unidade já conta com uma delegada própria, e o número de policiais pulou de três para oito em 2011. Todos bilíngues. Com a nova equipe, ao chegar ao balcão, o turista pode se comunicar em inglês, espanhol, italiano, alemão, francês e, claro, arranhar o português. Uma exigência da Fifa para a Copa das Confederações em 2013 e da Copa do Mundo em 2014 já atendida pela corporação gaúcha.

Se as obras de ampliação na área cedida pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) à corporação começarem em setembro – os recursos devem sair dos cofres do governo do Estado –, uma equipe de 18 policiais devem estar lotados no atendimento a partir de 2012, projeta a delegada Camila Defaveri.

Agentes atuarão em áreas de check-in e estacionamentos

Os policiais civis não estarão restritos ao trabalho dentro da delegacia. À paisana, ele terão a missão de rastrear a ação de criminosos junto aos balcões de check-in, estacionamentos e praças de alimentação. A delegacia deve contar ainda com telões conectados diretamente ao sistema de câmeras de segurança para seguir o passo de bandidos.

– Queremos ampliar o trabalho na área de inteligência – comentou a delegada.

A nova unidade ainda apoiará o trabalho de outras delegacias de dentro e fora do Estado:

– Se recebemos a informação de que algum suspeito esteja por embarcar ou desembarcar, podemos efetuar a prisão, auxiliando colegas.

A NOVA DELEGACIA

- O posto policial de 25 metros quadrados será substituído por delegacia de 160 metros quadrados – o decreto oficializando a mudança deve ser publicado em agosto;

- A obra orçada em R$ 130 mil, a ser feita com recursos do governo do Estado em área cedida pela Infraero, pode se iniciar em setembro;

- O número de policiais ampliado neste ano de três para oito poderá chegar a 18 servidores;

- Todos os policiais, a exemplo da atual equipe, serão bilíngues;

- Telões permitirão à Polícia Civil monitorar a ação de criminosos dentro e no entorno do aeroporto;

- Além de casos ocorridos no Aeroporto Internacional Salgado Filho, a delegacia investigará crimes contra turistas ocorridos em outros pontos da Capital.

OCORRÊNCIAS NO AEROPORTO

- Julho de 2010 – Reportagem de ZH revela que pelo menos um passageiro tem pertences furtados no aeroporto de Porto Alegre a cada semana, conforme a Polícia Civil.

- Maio de 2011 – Polícia Civil ataca rede que fur tava objetos em malas no Salgado Filho. São cumpridos mandados de busca e apreensão em seis casas em Alvorada. Uma delas seria de um funcionário de uma empresa de transporte de malas que trabalha no terminal.

- Julho de 2011 – Carro no estacionamento é fotografado por leitor sem as rodas esportivas. Horas depois, é feita substituição do rodado aro 15 por um conjunto de ferro com pneus carecas. A empresa que administra o estacionamento no Terminal 2 ressarciu o proprietário.

COMENTÁRIO DO BENGOCHEA - É a polícia civil do RS desenvolvendo estratégias de policiamento comunitário e preventivo em locais onde o clamor por segurança é enorme.

Nenhum comentário: