O Policiamento Comunitário ou de Proximidade é um tipo de policiamento que utiliza estratégias de aproximação, ação de presença, permanência, envolvimento e comprometimento com o local de trabalho e com as comunidades na preservação da ordem pública, da vida e do patrimônio das pessoas. A Confiança Mútua é o elo entre cidadão e policial, entre a comunidade e a força policial, entre a população e o Estado. O Comprometimento é a energia.

Esta estratégia de policiamento visa garantir o direito da população à segurança pública, mas, tendo em vista que confiança é essencial, o sucesso depende de policiais preparados, do apoio da sociedade organizada, das comunidades, de leis respeitadas e da interação entre poderes, instituições e órgãos envolvidos num Sistema de Justiça Criminal que exige finalidade pública, observância da supremacia do interesse público, valor à vida das pessoas, comprometimento, objetivo, coatividade, instrumentos de justiça ágeis, execução penal responsável e forças policiais bem formadas, respeitadas, valorizadas, especializadas, atuando no ciclo completo e capacitadas em efetivos para exercer função essencial à justiça na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio.

quarta-feira, 11 de maio de 2011

POLICIAMENTO COM CÃES



FIÉIS PATRULHEIROS. Brigada usa cães para policiar Menino Deus em Porto Alegre- LETÍCIA COSTA | ESPECIAL - ZERO HORA 11/05/2011

Projeto, que pode ser expandido, busca aproximar policiais de moradores
A Avenida Getúlio Vargas e as ruas próximas, no bairro Menino Deus, na Capital, começaram a receber nesta semana um reforço na patrulha. Em um projeto-piloto, a 1ª Companhia do 1º Batalhão da Polícia Militar escalou dois soldados para fazer o policiamento com a ajuda de cães. Se der certo, a ideia tem chance de ser expandida para outros locais de Porto Alegre.

Para que a proposta do major Rodrigo Mohr, comandante da 1ª Companhia, se tornasse realidade, os soldados Roger de Castro Lemes, 21 anos, e Leandro Teixeira Nunes, 25 anos, fizeram 35 dias do curso de adestramento, construíram um canil na sede do Batalhão e agora realizam o treinamento com cães nas ruas.

O objetivo é ampliar a sensação de segurança. Segundo Mohr, o animal apoia o soldado nas abordagens, atuando como uma força a mais que inibe reações inapropriadas.

– Se der certo é bem provável que as outras Companhias venham a aderir, assim como ocorreu no policiamento com bicicletas. Mas é preciso ser bem insistente para colocar o projeto em prática – afirma Mohr.

Para o policiamento no Menino Deus, serão usados animais da raça pastor alemão, considerados fáceis de adestrar e sociáveis com a população. A ideia é usá-los em vias sem grande circulação de pessoas.

– O Menino Deus é uma comunidade com muitos animais. Acho que eles vão se identificar e se aproximar da Brigada Militar. O policiamento fica mais simpático, e as crianças gostam, além de dar maior visibilidade ao nosso trabalho – diz Mohr.

Paixão pelos animais

Roger e Leandro não foram escolhidos à toa. Eles têm uma história de convivência com cachorros. Tanto um quanto o outro têm pais que criam cães e parentes militares que já fizeram o curso de adestramento. Para os soldados, a companhia dos animais é muito prazerosa, o que reforça a preocupação de levá-la a sério.

– Estar diariamente com um cachorro é satisfatório, sempre gostei, cada dia é diferente. Às vezes, o animal surpreende com alguma ação que ele já sabia fazer mas nunca era exigido, por isso não tem como enjoar deste trabalho – comenta Roger, que tem seis cachorros em casa.

A opção por trabalhar com cães é sempre do soldado. Essa preocupação se justifica, porque eles assumem toda a responsabilidade e o cuidado pelos animais em uma tarefa adicional.

– Para lidar com um cão, tem que ter uma certa paixão por ele. Se você realmente gosta do animal, ele vai te responder com felicidade, porque é um bicho que gosta de agradar o dono – declara Leandro.





COMENTÁRIO DO BENGOCHEA - PARABÉNS À BRIGADA MILITAR. JÁ ESTAVA NA HORA DE APLICAR ESTES LEAIS PARCEIROS NO POLICIAMENTO DE RUA. GOSTARIA DE UMA FOTO DOS PATRULHEIROS DA BM PARA ILUSTRAR NOSSO BLOG E ESTA MATÉRIA NUMA FUTURA EDIÇÃO.

Nenhum comentário: