O Policiamento Comunitário ou de Proximidade é um tipo de policiamento que utiliza estratégias de aproximação, ação de presença, permanência, envolvimento e comprometimento com o local de trabalho e com as comunidades na preservação da ordem pública, da vida e do patrimônio das pessoas. A Confiança Mútua é o elo entre cidadão e policial, entre a comunidade e a força policial, entre a população e o Estado. O Comprometimento é a energia.

Esta estratégia de policiamento visa garantir o direito da população à segurança pública, mas, tendo em vista que confiança é essencial, o sucesso depende de policiais preparados, do apoio da sociedade organizada, das comunidades, de leis respeitadas e da interação entre poderes, instituições e órgãos envolvidos num Sistema de Justiça Criminal que exige finalidade pública, observância da supremacia do interesse público, valor à vida das pessoas, comprometimento, objetivo, coatividade, instrumentos de justiça ágeis, execução penal responsável e forças policiais bem formadas, respeitadas, valorizadas, especializadas, atuando no ciclo completo e capacitadas em efetivos para exercer função essencial à justiça na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio.

quinta-feira, 19 de maio de 2011

DELEGACIA DE POLÍCIA MODELO

DP MODELO. ONG dá nota 9 para delegacia na Capital - ZERO HORA 19/05/2011

Pelo segundo ano consecutivo, a 2ª Delegacia da Polícia Civil de Porto Alegre (2ª DP) foi escolhida a melhor repartição da corporação no Rio Grande do Sul, com nota 9. A distinção é conferida pela Altus – uma aliança internacional de ONGs e instituições de acadêmicas, dedicadas à melhoria da segurança pública e o sistema de Justiça Criminal – que desde 2006, visita delegacias de polícia no Brasil para avaliar a estrutura e o serviço oferecidos.

Instalada no bairro Menino Deus em um prédio de 1.150 metros quadrados, a 2ª DP recebeu nota 90 – conceito excelente – por tem um serviço diferenciado, desde a porta de entrada, com acessos distintos para vítimas e suspeitos de crime.

Para organizar o atendimento no plantão, as pessoas tiram ficha e aguardam a chamada, sentadas, vendo TV, que passa filme com dicas de segurança, cujos principais tópicos foram lançados em uma cartilha distribuída pelo bairro.

Entre as novidades mais recentes, a 2ª DP conta com uma brinquedoteca – sala de brinquedos para crianças se ocuparem enquanto os pais são atendidos. É feita, também, uma pesquisa de satisfação para medir a qualidade do serviço no plantão– a cada dia, uma ou duas ocorrências são selecionadas e um policial telefona para quem fez o registro, perguntando como foi o atendimento.

Além disso, a 2ª DP envia telegrama para vítimas de crimes – em caso de indiciamentos–, avisando da conclusão do inquérito e a remessa à Justiça.

Em 2007, a 2ª DP de Porto Alegre, figurou entre as três melhores do Estado. No ano seguinte a pesquisa não foi realizada e, em 2009, foi considerada a melhor do Estado e a segunda do Brasil – resultado divulgado em 2010.

– É uma valorização do trabalho de todos os funcionários que procuram fazer sempre o melhor – comemora a delegada Adriana Regina da Costa, que recebeu um certificado em Brasília.

2 comentários:

LENORE disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
LENORE disse...

http://www.youtube.com/watch?v=h4RLz2LR9m0