O Policiamento Comunitário ou de Proximidade é um tipo de policiamento que utiliza estratégias de aproximação, ação de presença, permanência, envolvimento e comprometimento com o local de trabalho e com as comunidades na preservação da ordem pública, da vida e do patrimônio das pessoas. A Confiança Mútua é o elo entre cidadão e policial, entre a comunidade e a força policial, entre a população e o Estado. O Comprometimento é a energia.

Esta estratégia de policiamento visa garantir o direito da população à segurança pública, mas, tendo em vista que confiança é essencial, o sucesso depende de policiais preparados, do apoio da sociedade organizada, das comunidades, de leis respeitadas e da interação entre poderes, instituições e órgãos envolvidos num Sistema de Justiça Criminal que exige finalidade pública, observância da supremacia do interesse público, valor à vida das pessoas, comprometimento, objetivo, coatividade, instrumentos de justiça ágeis, execução penal responsável e forças policiais bem formadas, respeitadas, valorizadas, especializadas, atuando no ciclo completo e capacitadas em efetivos para exercer função essencial à justiça na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio.

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

NÚCLEO DE POLICIAMENTO COMUNITÁRIO E INTEGRAÇÃO POLICIAL

ZERO HORA 12 de setembro de 2012 | N° 17190

COMBATE AO CRIME. Reforço na segurança em Canoas


Brigada Militar, Polícia Civil e Secretaria de Segurança Pública e Cidadania de Canoas anunciaram ontem reforços no combate à criminalidade no município. O trabalho integrado contempla criação de novas delegacias, nomeação de agentes e implantação do Núcleo de Policiamento Comunitário.

Conforme o delegado Guilherme Pacífico, titular da 2ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana, serão estruturadas duas novas delegacias na cidade: de homicídios e da criança e do adolescente:

– Elas devem entrar em funcionamento em outubro, com agentes experientes trabalhando ao lado de novos.

Comandante do 15º Batalhão de Polícia Militar (BPM), o tenente-coronel Mário Ikeda destaca que a BM contará com 90 novos soldados, que em abril concluirão a etapa de formação. Ikeda destaca, também, que neste ano será implantado o Núcleo de Policiamento Comunitário – a estrutura consiste em 10 equipes de uma viatura e três PMs cada, que atuarão no mesmo bairro onde moram, buscando maior contato com a população.

– Hoje, atendemos mais ocorrências do que interagimos com a comunidade – diz o comandante.

O Núcleo de Policiamento Comunitário funcionará em parceria com a prefeitura. A administração municipal fornecerá uma bolsa-formação de R$ 600 para os policiais. Para delimitar as microrregiões, serão aproveitadas divisões do Orçamento Participativo.

– Queremos retomar o vínculo policial com a região. Nosso trabalho também visa à Copa de 2014 – ressalta o secretário-adjunto de Segurança Pública e Cidadania de Canoas, Túlio Moreira.

Nenhum comentário: