O Policiamento Comunitário ou de Proximidade é um tipo de policiamento que utiliza estratégias de aproximação, ação de presença, permanência, envolvimento e comprometimento com o local de trabalho e com as comunidades na preservação da ordem pública, da vida e do patrimônio das pessoas. A Confiança Mútua é o elo entre cidadão e policial, entre a comunidade e a força policial, entre a população e o Estado. O Comprometimento é a energia.

Esta estratégia de policiamento visa garantir o direito da população à segurança pública, mas, tendo em vista que confiança é essencial, o sucesso depende de policiais preparados, do apoio da sociedade organizada, das comunidades, de leis respeitadas e da interação entre poderes, instituições e órgãos envolvidos num Sistema de Justiça Criminal que exige finalidade pública, observância da supremacia do interesse público, valor à vida das pessoas, comprometimento, objetivo, coatividade, instrumentos de justiça ágeis, execução penal responsável e forças policiais bem formadas, respeitadas, valorizadas, especializadas, atuando no ciclo completo e capacitadas em efetivos para exercer função essencial à justiça na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio.

quarta-feira, 12 de junho de 2013

NOVOS NÚCLEOS DE POLCOM EM CAXIAS DO SUL

REDE SUL DE RÁDIO

Caxias do Sul recebe nesta quinta-feira quatro novos núcleos de policiamento comunitário. Mais oito deverão ser implantados até o final do ano

por Cleberson Portela , dia 12/06/2013 às 10:42



A partir desta quinta-feira (13/06), quatro novos núcleos de policiamento comunitário estarão funcionando em Caxias do Sul. O município é pioneiro na implantação deste tipo de policiamento. Desta vez os bairros contemplados serão o Marechal Floriano, o Cruzeiro, o Cinquentenário e a Região da Antena.

O diretor Geral da Secretaria de Segurança Pública e Proteção Social, José Francisco Barden da Rosa explica como funciona a parceria com o governo do Estado. Ele destaca que no convênio, o Estado disponibiliza os policiais militares, viaturas e os equipamentos como armas, coletes e algemas e a Prefeitura repassa o auxilio aluguel para os policiais participantes do projeto. Barden ressalta que até o final do ano mais oito núcleos de policiamento comunitário devem ser instalados no município.

Hoje a cidade conta com 34 policiais militares participantes do projeto, em 10 núcleos, que abrangem os bairros Pio X, Santa Catarina, Exposição, Panazzolo, Cristo Redentor, Rio Branco, Lourdes, Bela Vista, Sanvitto, Floresta, Medianeira, Sagrada Família, Santa Lúcia, Cohab, Colina Sorriso, São Pelegrino, Petrópolis e Presidente Vargas.

Ouça na íntegra a entrevista realizada no programa Acontece desta quarta-feira (12/06), com a apresentação de Evandro Fontana.

Nenhum comentário: